pão frances .

Pãozinho tipo “Pão Francês” na Irlanda

8 Mêses ago

Depois de quase 3 anos que pisei pela primeira vez em Dublin, descobri um pão super baratinho que é muito parecido com o pão que nós brasileiros tomamos café no Brasil. Vou até soltar um aleluia irmão, porque fiquei feliz demais com esta descoberta.

Uma das coisas que fazem com que a gente sinta muita falta do nosso braza é a comida, e eu sou fã incondicional do Pão Francês – como é chamado em BH, e na Irlanda você não encontra padaria, é preciso comprar pão no supermercado e a grande oferta esta no pão de forma.

Esta semana, depois de reclamar muito com o meu irish boy sobre a saudades do velho e amado pão com salame, ele se sentiu comovido com minha dor e me deu de presente um saquinho de pão que vinha com 4 pãozinhos pré assados.

Ele me disse que achava que pão que ele tinha comprado era parecido com o que eu estava sentindo falta, concluiu falando que era só colocar no formo por uns 10 minutos e eu teria um pão fresquinho e quentinho para tomar café.

Nem acreditei, quase pulei de felicidade, não é que o pão é muito parecido mesmo com o pão que a gente toma café, ô delícia!

Bom, deixa eu mostrar esta maravilha para vocês, porque dica boa deve ser compartilhada.

* Foto da embalagem.

Pão frances na Irlanda

* Mais pertinho para vocês reconhecerem na hora de comprar.
Pão frances na Irlanda 3
* Antes de assar.
Pão frances na Irlanda 2

* Depois de assar, ô delíciaaaa.
Pão frances na irlanda 1

Bom, você deve assar o pãozinho por volta de 10 a 15 minutos na temperatura de 180º à 200º – me sinto “A padeira” rs.

Depois é só tirar do forno e comer quentinho, maravilha! O pão é similar viu gente, não é igual ao nosso, acho que o da Irlanda a massa é mais pesada, mais concentrada, mas de qualquer maneira vale muito a pena. Eu paguei neste pacote com 4 pães 59 centavos de Euro, no supermercado Aldi.

Se você já morou ou mora na Irlanda e tem alguma dica boa de comida, compartilha aí nos comentários com a gente, vamos fazer mais estômagos felizes 🙂

Enquanto isso, vamos colocar o nosso batom na mala e seguir a nossa viagem.

Alessanda Assis | Batom na Mala

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *