Diceys

Inferno Dicey’s

2 years ago

Pense em um lugar que você olha uma portinha pequenininha com dois seguranças, esta é a visão inicial da Diceys, aí você imagina, bom o lugar é seguro, tem pessoas trabalhando para isso, mas não, acho que estes seguranças estão ali despistados, só checando seus documentos e prendendo sem que você perceba a sua dignidade, porque meu querido ou minha querida, quando você entra pela pequena portinha da Diceys a dignidade sai!

É assim que começo o meu post, falando de dignidade, insanidade, loucura, bebedeira, micareta e algumas coisas a mais, estas são algumas palavras que podem definir como funciona o universo de pint a 2 Euricos, isso mesmo, é o único lugar na Irlanda que eu conheço que vende vários tipos de cerveja a €2,00. Isso deveria ser proibido, é imoral de tão barato, chega a ser ridículo, você vai na Diceys e pronto, vira RYAAAA.

Diceys Irlanda* Foto da ultima vez que fui na Diceys, as fotos não estão boas porque infelizmente eu estava levemente embreagada, rs. Sorry.

Algumas pessoas detestam a Diceys, dizem que lá é lugar de Brazuca, que tem muito roubo, que é uma zona e por aí vai, eu vou ser franca, a Diceys foi uma das primeiras baladas que eu fui na Irlanda e eu adoroooo, sempre que dá eu vou, vejo gente conhecida, tomo minha cervejinha baratinha, danço e me divirto. Mas o que todo mundo pode falar sem discordar é que a Diceys é o lugar mais conhecido por Brasileiros em Dublin. Você intercambista precisa conhecer, nem que seja para falar que amou ou que odiou, mas conheceu.

Bom, a música é estilo baladinha, toca diversos ritmos e tem algumas músicas de nacionalidade diferentes, a bebida tem preço variado conforme o dia e o horário, mas os dias mais conhecidos pelos brazucas são terça e domingo,  na terça a pint é €2,50 e no domingo sai por €2,00 antes das 19h você não paga para entrar, mas vá com pelo menos 45 min de antecedência porque tem uma fila inacreditável na maioria das vezes e se vacilar você acaba pagando para entrar (€5).

Diceys Dublin

A Diceys parece um inferninho mesmo, lotado, difícil para pegar cerveja (dependendo do horário), galera pegando geral, já vi gente fazendo troca de pares, beijo tripo, gay virando homem e por ai vai, Mas o mais importante na Diceys ou qualquer outro lugar que você vá aqui na Irlanda é que você pode fazer o que você quiser fazer, não precisa ter máscaras ou se fingir, aqui é e pronto.

Se você não quiser beber, não precisa, se não quiser beijar, não precisa, mas se quiser fazer tudo isso num lugar só, vá para a Diceys.

Diceys Dublin Irlanda

Um probleminha que vejo lá é que tem uma grande área aberta e neste local é permitido fumar, então já era, foi pra Diceys o cabelo vai ficar fedendo a cigarro como suas roupas também.

Agora você me pergunta, porque gosto deste lugar? E eu respondo: Ele tem tudo para eu não gostar, mas eu gosto, é descontraído, vários ambientes, área aberta, e uma coisa que eu adoro, as vezes, na hora que a música está bem forte, vem alguns músicos e tocam juntos, na ultima vez que fui tinha um músico tocando tamborim e um tocando saxofone, o som estava muito foda.

Diceys 1* Se você olhar bem na foto na parte de cima perto da cabine verde vai ver o músico tocando o tamborim do lado esquedo e do lado direito o músico tocando o saxofone – novamente deculpa a qualidade das fotos, bêbada dos infernos!

Então gente, esta é uma visão geral e superficial da Diceys, tentei ser clara. Não fique com medo porque lá não é uma putaria, é só um inferninho 😀

Uma dica: Não vá para a Diceys no domingo de Bank Holidays (quando for feriado na segunda),  a fila é enorme, mais de 3 quarteirões e você não consegue entrar, não consegue pegar bebida, não consegue fazer nada. Mas claro que se você quiser ir, vá e boa sorte.

Quem já foi na Diceys deixa seu comentário aí e quem não foi, precisa ir para conhecer. Só uma observação o título do texto está como Inferno Diceys porque eu sempre chamei assim, mas o nome verdadeiro da balada é Dicey’s Garden.

Enquanto isso, vamos colocar o nosso batom na mala e seguir a nossa viagem.

Alessanda Assis | Batom na Mala

7 thoughts on “Inferno Dicey’s”

  1. INFERNO DICEY’S. Lugar onde meus melhores e piores momentos aconteceram! Hahahahahaha já perdi celular, já speakei muitooo, fiz amizades eternas, dancei horrores! JEZUIS! Dyceis é dyceis e não conheço outra festa que se compare á Dyceis! Meu Deus é o lugar da insanidade! Hahahahahaha ótimos momentos! Me arrependeria se não tivesse ido na dyceis! Fica a dica para quem está querendo curtir a baladinha clássica de domingo! Beijo beijo amiga!!!!! Sdds eternas! OBs: todas as dyceis que fui você estava presente, então nem preciso dizer mto sobre o que já aconteceu lá né!? Hahahahahaha

    1. Ei Fabiiii, quanto tempo que você não passa aqui amiga! Ameiiiiiiii ler seu comentário, que delícia.
      Sim, eu também acho que Diceys é Diceys, também tive ótimos momentos lá, aproveitei muito e já ri demais. Várias amizades se fortaleceram naquele inferninho, inclusive a nossa.
      Você que está ai no Brasil agora deve sentir falta, porque por exemplo, na minha cidade eu não tenho NADA parecido com a Diceys.
      Volta, vem fazer mais uma Diceys comigo, hahaha.
      Bjim

  2. Dicey’s é sem comparação. Conheço os que odeiam e os que vão religiosamente todo domingo. Mais com certeza foi o lugar que mais me diverti e conheci gente bacana em Dublin. Vale muito a pena ir, mas tem que ir com a cabeça aberta e pronto pra loucura. Agora falta sair com você né dona Alessandra. ahhaha Beijão, como sempre amando o blog

    1. Isaaaaaa, você não vai acreditar, eu vi você na Diceys quinta feira passada, aí uma leitora veio conversar comigo porque ela me reconheceu, pedi ela um momento para te dar um abraço e pufff, você já tinha sumido hahahaha. Procurei você mas não achei! hahaha
      Mas oportunidade não vai faltar, vamos marcar alguma coisa sim.
      E eu adoro a Diceys também e loucura é a palavra mais comum naquele lugar.
      Bjim e obrigada pelo carinho.

  3. “Quem já foi na Diceys deixa seu comentário ai”. Oi, estou aqui! Hahahaha
    Só pra dizer que quando cheguei em Dublin às 18h de uma terça-feira de muito sol de quase verão, só deu tempo de deixar as malas na casa e tomar uma ducha! Era 20h e eu já tava na rua, atravessando uma das pontes rumo a Diceys, claro! Todas, não, quase todas, ah, acho que todas sim, rsrs, as festas que fui na Diceys foram sem dignidade! Gente, aquele lugar transforma qualquer um! Hahahaha E quando você está com as melhores companhias tipo você, Alê… As histórias se multiplicam e deixam muita saudade!
    No Br, ainda não vi um lugar parecido para comparar com a Diceys. só a Diceys é a Diceys! Baita saudade da parte inferninho, de fato: aquele porão lá embaixo, que não é de Deus quando liberado! rsrsrs
    Bjim, Ale!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *