IMG_20131102_161552

Cuidar da beleza no Intercâmbio – Cabelos

2 years ago

O clima faz muita diferença para os cabelos, e eu sou prova viva disso. Meu cabelo nunca foi ruim, tenho um cabelo liso porém volumoso, as vezes dá umas ondinhas, mas não é nada impossível de cuidar.

Quando vim para Dublin, meu cabelo estava bem loiro, na verdade platinado, e eu não sou muito cuidadosa com cabelos, então dias antes da viagem tirei um pouco no tamanho para facilitar o cuidado.

IMG_20131102_161552* Meu cabelo antes do intercâmbio.

Cheguei em Dublin e logo perdi a coloração, até comprei alguns produtos de tratamento que seguraram temporariamente o platinado, mas logo a cor voltava para o loiro mais escuro e com pouco tempo o cabelo já estava aquele loiro queimado, aquela cor que parece que você pintou em casa (eu sou bem chata com cor de cabelo). Então eu entrei em desespero, porque além do cabelo com tom de queimado ele ainda ficou bem ressecado e muitoooooo, mas muito mais volumoso.

Alessandra Assis Cabelo 2* Meu cabelo 100% natural, sem progressiva, sem nada, aliás, bem bagunçado com o vento, eu estava com uns 4, 5 meses de intercâmbio – desculpe a foto no cemitério mas é a única que mostrava meu cabelo.

Fiz alguns tratamentos em casa, até que não gastei muito dinheiro, uma boa máscara de hidratação está em média de 25 euros, (mas tem produto para cabelo de todos os valores).

Comecei a ficar muito revolts com minhas madeixas e resolvi cortar o cabelo para tirar o máximo possível de loiro, junto com isso, fiz uma progressiva para abaixar o volume e aproveitei e já fiz uma boa hidratação. O cabelo voltou ao normal e me senti melhor, mais bonita.

Alessandra Assis Cabelo* Cortei o cabelo, tentei o mais curto possível, mas ainda ficou uns loiros.

Um fator que acho que muda muito o cabelo é o vento forte e frio de Dublin, acredite, o cabelo fica muito embaraçado e sempre armado, sem contar que escovar o cabelo é perder tempo, aqui chove um dia sim e o outro também. Pior que isso para mim e  a água. Não sei o que acontece, mas a água daqui tem muito produto químico, meu cabelo cresce umas 3x mais rápido, mas não segura produto químico, a progressiva não dura como no Brasil e acho também que a tintura não fica. (mas isso pode ser do meu cabelo).

Fato é que você precisa ter cuidado, porque o cabelo piora muito aqui. Você pode cuidar por conta própria porque tem bons produtos de beleza disponível, também pode ir em salão irlandeses e tentar a sorte, mas eu continuo preferindo um bom serviço brazuca. Experimentei cuidar dos cabelos com várias pessoas mas não gostava, já disse que sou bem chata, até que um dia conheci uma menina nos Classificados e resolvi arriscar novamente. Finalmente achei minha cabeleireira, depiladora, manicure, tudooo e também achei uma grande amiga. Ir na casa da Jeniffer cuidar de mim virou uma grande diversão, porque ela além de cuidar de mim do jeito que eu gosto, ainda tem um papo super bom. Me sinto mega à vontade com ela.

Baladas em Dublin* Esta foto foi da semana passada, meu cabelo agora, pretinho de natureza, bem cuidado e lindo do jeito que eu gosto, tinha feito uma hidratação a dois dias atrás – eu e minhas amigas aqui em Dublin, na verdade as meninas são a minha família aqui.

Bom, muitas pessoas me pedem indicação de profissionais de beleza, e você vai achar vários, é só procurar, fácil fácil, agora se alguém quiser conhecer o trabalho da Jeniffer que é a pessoa que cuida de mim, segue a fan page dela no Facebook, assim vocês vão poder ver outros trabalhos dela. Isso não é uma propaganda e nem estou falando que vocês devem fazer com ela, é só uma dica amiga, porque eu gastei muita grana com gente que falava que sabia fazer e não fazia nada.

https://www.facebook.com/jenifferferrazcuidandodabelezabrasileira?fref=ts&__mref=message_bubble

No mais meninas, não se preocupem, vocês vão continuar lindas, desde que queiram, aqui tem recursos como no Brasil. Mas já adianto, a gente fica muitooo mais relaxada, a preguiça toma conta e se você não ficar esperta sai na rua igualzinho a “Beth a Feia”.

De olho na auto estima meninas.

Enquanto isso, vamos colocar o nosso batom na mala e seguir a nossa viagem.

Alessanda Assis | Batom na Mala

One thought on “Cuidar da beleza no Intercâmbio – Cabelos”

  1. Amei o texto Alê.. super acompanhanho o blog, e canal… acho o máximo.
    Parabéns..
    To mega ansiosa, viajo em Novembro…
    Obrigada pela ajuda de sempre, que Deus te abençoe, e te dê muitas inspirações..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *